(Contra)dizendo

autumn_by_andreill-d5fq17r

Dei rosas a mim mesma,

Mas eu prefiro margaridas.

Saí de casa à luz do dia,

Mesmo gostando mais da noite.

Amei a mim mesma,

Não fui correspondida.

Deixei meu cabelo crescer,

Mas na verdade queria pintá-lo de azul

(quem sabe umas mexas roxas, também).

Peguei um ônibus,

Adoro andar a pé.

Falei baixinho,

Eu sempre grito para o mundo.

Assisti a um filme de ação,

Gosto mais de romance histórico.

Tentei só comer salada,

Chega! eu quero chocolate.

Vivi no mundo,

Voltei para a minha casa.

Fiz um poema para me encontrar,

Me encontrar nesse mundo,

Mundo tão confuso,

Tão confuso quanto eu.

Anúncios

Um comentário sobre “(Contra)dizendo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s