Sobre o passar do tempo

tumblr_m3s0q9raxz1rsirjdo1_500

Esses dias fiz um daqueles testes que aparecem no facebook do tipo “Qual é sua idade mental?”. Não acredito muito nisso mas, ok, fiz o teste e acabei me assustando com o resultado: 32 anos. E eu tenho só 16! Se eu fizesse uma entrevista de emprego agora, alguém poderia gostar de saber isso. Meus amigos só iam aproveitar a deixa para me chamar de velha, anciã, ou o que seja.

Acho engraçado pensar que hoje, exatamente quando estou escrevendo esse texto, sou uma pessoa X. Amanhã posso ser a pessoa Y. Deixa eu explicar: com os dias se passando, eu pareço mudar de ideia assim como a temperatura gosta de oscilar: às vezes fico no zero grau, às vezes nos trinta, às vezes no zero absoluto. Estou sempre mudando, algumas pessoas podem não reparar mas isso acontece.

Eu, porém, noto com facilidade. Basta olhar algum texto que escrevi no começo desse ano e um que escrevi agora. É água e óleo e, ao mesmo tempo, carne e unha. E eu mudo por dentro – sem querer – a cada dia. Parando para pensar, talvez seja por isso que não consigo criar uma biografia em 140 caracteres do twitter. Eu poderia usar muitas páginas e ainda não conseguiria me definir. Eu mudo muito o tempo todo.

Então vem a pergunta: o que isso tem a ver com sua idade mental naquele teste do facebook?

Constantemente fico pensando nos dias que se passam, nas horas que correm. Passa rápido mesmo, não é novidade para ninguém. Eu ando em linhas tortas quando insistem me dizer que preciso andar em linha reta. Sem oscilação não há som. Parece que eu viro criança do nada, dá vontade de seguir o Peter Pan até a Terra do Nunca e não sair mais de lá. E me vem à mente o mundo na faculdade e eu fico ansiosa, querendo estudar coisas que gosto, conhecer gente nova. Deu para relacionar agora? Como posso ter 32 anos mentalmente se estou pensando em viver para sempre criança? Crescer parece doer, mas o futuro me deixa ansiosa.

Tá fácil perceber que eu sou um contraste humano. Gosto de ter minhas atitudes de velha e pensar feito criança. Acho que as coisas se mesclam. São duas Marianas que andam juntas e não se desgrudam por nada. Tem dias que uma gosta de chamar mais atenção que a outra, mas elas se respeitam.

O tempo passa, com certeza. Eu mudo e permaneço a mesma. Estranho, não é? Pode ser que, quando eu tenha 32 anos, minha idade mental seja de 16. E daí? Isso não muda totalmente quem eu sou. Se eu viro uma ampulheta, a areia cai até o fim. Mas basta virá-la para que caia novamente. O tempo é isso: fases. E as fases são isso: tempo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s