Ano de Intervalo

tumblr_lc7tetea6u1qe1m8fo1_500_large

 

Estou em uma fase da vida que 90% das pessoas julga ser complicada. Também admito que penso assim. Essa fase seria: último ano de escola. Aquela velha história: tem uma prova super difícil no fim do ano que vai definir a sua vida inteira, te garantir um bom emprego, te definir como pessoa… enfim, é o ano da sua vida, certo? Bem, eu não penso assim.

Vários dos meus amigos acham que o vestibular é apenas uma prova como qualquer outra, num nível de dificuldade maior, que te garante uma vaga na faculdade. Ponto. Acaba aí. Nada disso de “definir a vida”.  As pessoas definem a vida aos poucos, e não em cinco horas de prova. Nosso sistema de vestibular faz a cabeça de muita gente, como se nossa vida dependesse disso. Pode até ser para algumas pessoas, mas não gosto de me encaixar entre elas.

E não é só aqui no Brasil, não! A pressão do último ano de escola acontece em diversos países. Nos Estados Unidos, por exemplo, os pais também têm esperança que o filho entre na faculdade logo de cara, mesmo que seja por uma bolsa de esportes e não por estudo. Não estou julgando, são apenas fatos. Os jovens ficam tão presos naquele mundo de estudo dia e noite que não abrem os horizontes para outras oportunidades. Era aqui que eu queria chegar.

No meu curso de inglês, o professor nos apresentou um texto britânico com o título “Gap Year”. Traduzindo brutalmente, “Gap Year” significa Ano de Espaço, mas acho mais claro dizer Ano de Intervalo. Basicamente esse ano consiste em sair da escola e não entrar logo em uma universidade, mas sim fazer alguma coisa diferente, viver novas coisas. Não só no ano que sucede o terceiro ano do Ensino Médio como qualquer outro (apenas apliquei à minha realidade atual e à de tantos outros jovens).

Segundo o site Gap Year de Portugal, as vantagens de fazer o Ano de Intervalo são tantas que podem tornar esse ano completamente inesquecível. Algumas delas são: adquirir maturidade, independência, confiança, descobrir novos interesses, aceitar diferenças e tantas outras. Acredito que um jovem que tem a ideia de fazer o ano ser diferente adquire mais conhecimento sobre algum assunto, assim tendo mais certeza de qual profissão quer exercer. É um ano sem pressão, e sim reflexão e descanso merecido depois de tanto esforço.

No texto que lemos na aula de inglês havia um tópico que achei muito legal: alguns empregadores britânicos preferem que seus empregados tenham feito o Gap Year. Ainda falando sobre o texto, uma garota chamada Savannah deu seu depoimento dizendo que ela não havia viajado para longe, mas tinha ficado em sua cidade natal (Londres) para trabalhar no setor de RH. Ela se apaixonou pelo campo e teve a certeza de que queria isso para a vida toda.

Muitos dos meu amigos ainda não têm certeza do que querem fazer na faculdade ou escolheram qualquer coisa só para não deixar em branco. Pode ser que aconteça de uma pessoa se apaixonar por aquilo que escolheu “sem querer”, mas acho um tanto difícil. Também há quem tenha desejado algo durante a vida toda e, ao ingressar na faculdade, acaba se decepcionando, vendo que não era nada daquilo que queria. Quantas vezes já não vi pessoas largarem o curso na metade dizendo que não era aquilo que queria para a vida?

Acredito que todo mundo merece e precisa de um break. Eu mesma tenho medo de quebrar os padrões e algo sair errado por isso. Por outro lado, acredito que pensar em determinado assunto nunca é demais, mesmo que tome… um ano! E o mestre Renato Russo dizia: “Nem foi tempo perdido, somos tão jovens…”.

Beijos e até a próxima,

Mariana

Anúncios

2 comentários sobre “Ano de Intervalo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s