(Resenha) Lembra de mim?

LEMBRA_DE_MIM__1242408879P

 

Autora: Sophie Kinsella

Editora: Record

Páginas: 419

Lançamento: 2009

ISBN:  8501081671

Sinopse: Lexi desperta em um leito de hospital após um acidente de carro, pensando que está em 2004, que tem 25 anos, uma aparência desleixada e um namoro desastroso. Mas, para sua surpresa, ela descobre que está em 2007, tem 28 anos, é chefe de seu departamento e sua aparência está impecável. E ainda é casada com um lindo milionário! Ela não pode acreditar na sorte que teve. Mas conforme ela descobre mais sobre a nova Lexi, nota problemas graves em sua vida perfeita. E, para completar, uma revelação bombástica pode ser sua única esperança de recuperar a memória.

Eu sempre tentei ler chick-lits e não obtive muito sucesso. Eram sempre livros cheios de indecisão feminina e isso nunca me agrada. Ao mesmo tempo, sempre ouvi falar muito bem da Sophie Kinsella, mas sabendo que ela era autora desse gênero, nunca fui atrás. Aí, num belo dia, a Iza Lopes do blog Brincando de Escritora falou do livro “Lembra de mim?” no canal dela. Achei a sinopse muito doida e engraçada, então tomei coragem e encarei essas 419 páginas, que na verdade pareceram apenas 100. (Valeu pela dica, Iza!).

O que encontramos aqui é o oposto completo dos chick-lits que eu já havia lido: a Lexi é extremamente engraçada e só mostra insegurança por um motivo MAIS do que justo: ela perdeu a memória de alguns anos, então dou completa razão por, às vezes, ela não saber em quem confiar. Morri de rir diversas vezes com a personagem, fico imaginando todas essas cenas num filme!

O livro é narrado em primeira pessoa, o que faz total sentido. Afinal, uma personagem passando por um problema desse merece sua opinião sobre tudo em tempo integral. A Lexi não é uma personagem bobona, pelo contrário: é bem forte, mas não do tipo “mulher perfeita”; ela é uma mulher forte, engraçada e com falhas, como qualquer ser humano! Ponto positivo para isso!

O romance no livro não é nadinha forçado. O foco da história é muito mais da Lexi tentando descobrir quem ela foi nesses anos que se passaram. É mais sobre entender a sua nova personalidade. E o romance é do tipo que eu gosto: o que se constrói com coisas bem simples e que é cheio de metáforas. Tem um triângulo amoroso e dessa vez eu realmente fiquei em dúvida em alguns momentos sobre quem ia acabar com a Lexi, apesar de sempre ter torcido para um só, desde o começo.

É um livro sem muita reflexão, de fato (não que isso seja ruim, de forma alguma!), mas eu amei cada página e me diverti muito lendo. Virei fã da Sophie Kinsella e já estou de olho em mais alguns livros dela. A autora sabe ser bem humorada na medida certa, a história é fácil de entender e completamente envolvente. Mesmo que 419 pareça muito, você consegue acabar o livro muito rápido!

Não encontrei pontos negativos durante a leitura. Quando acabou, ainda fiquei com um gostinho de “quero mais”. Com certeza foi um livro que me surpreendeu e que está entre os melhores de 2014 no meu ranking! Se você gosta de dar boas risadas, esse é o livro pra você!

Beijos e até a próxima,

Mari

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s