(Resenha) Entre o agora e o nunca

Capa Entre o agora e o nunca.indd

Autora: J. A. Redmerski

Editora: Objetiva

Páginas: 368

Lançamento: 2013

ISBN: 9788581051406

Sinopse: Camryn Bennett é uma jovem de 20 anos que desistiu do amor desde que Ian, seu namorado, morreu num acidente de carro há um ano. Sua melhor amiga, Natalie, é a única capaz de animá-la. Mas a relação entre as duas fica abalada quando o namorado de Nat revela à Camryn que está apaixonado por ela. Perdida, sem saber o que fazer, Camryn vai para rodoviária e pega o primeiro ônibus interestadual, sem se importar com o destino. Com uma carteira, um celular e uma pequena bolsa com alguns itens indispensáveis, Camryn embarca para Idaho. Mas o que ela não esperava era conhecer Andrew Parrish, um jovem sedutor e misterioso, a caminho para visitar o pai, que está morrendo de câncer. Andrew se aproxima da companheira de viagem, primeiro para protegê-la, mas logo uma conexão irresistível se forma entre os dois. Camryn tenta lutar contra o sentimento, já que jurou nunca mais se apaixonar desde a morte de Ian. Andrew também tenta resistir, motivado pelos próprios segredos. Narrado em capítulos que alternam as vozes de Andrew e Camryn, Entre o agora e o nunca é uma história de amor e sexo, na qual os personagens testam seus limites, exploram seus desejos e buscam o caminho que os levará à felicidade.

Nunca imaginei que eu pudesse gostar tanto desse livro. Li Belo Desastre e não gostei taaaanto assim (mas estou lendo Desastre Iminente e estou gostando bastante. ENFIM, VOLTANDO), então fiquei algum tempo com um pé atrás quando se tratava de New Adult. Mordi minha língua depois que li Entre o agora e o nunca.

Camryn está em depressão e tudo o que precisa é de colo e um “sacode” pra acordar pra vida. Ela recebe isso tudo de Andrew, que também precisa de colo para deixar de ser tão “casca grossa”. Tá aí o que faz o casal perfeito: um precisa do outro. E o melhor disso tudo é que o romance nunca chega a enjoar. Os dois são super pé no chão, mesmo que cometam loucuras (altamente necessárias para a história).

Ainda falando dos personagens: achei a caracterização de ambos muito boa. Em nenhum momento a autora se esqueceu a essência dos dois, por mais que tenha ocorrido uma boa evolução deles ao longo da história. É importante dizer que a autora soube descrever a depressão da Camryin MUITO BEM. Eu já estive em contato com pessoas em depressão e sei como a doença se apresenta. Nisso a autora não deixou a desejar de forma alguma.

O livro tem conteúdo sexual, por isso não é um livro “leve e divertido”, como sempre falo aqui. Não recomendo pra qualquer idade, não! O livro é realmente cheio de palavrões e coisas que não estamos acostumados a ler normalmente. Isso me assustou no começo, mas acaba se tornando comum ao longo da narrativa. Ouvi uma booktuber (não lembro quem, agora) dizendo que isso traz a leitura mais próxima da realidade, e faz todo o sentido!

Como vocês bem sabem, gosto de romances que saem um pouco do clichê. Em Entre o agora e o nunca, vi uma história de superação dos personagens e de crescimento pessoal em virtude um do outro. Isso é incrível! A autora soube escrever isso muito bem. Sem dúvidas, tornou-se um favorito do ano!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s