(Resenha) Picta Mundi

PICTA_MUNDI_1407109224B

 

Autora: Gleice Couto

Editora: publicação independente

Páginas: 283

Lançamento: 2014

ISBN: 9788591805501

Sinopse: A vida da jovem Letícia virou de cabeça pra baixo após a morte de Raul, seu pai. Até mesmo o colégio onde estuda, o renomado Dippel – um reduto de jovens prodígios, perdeu a pouca graça que tinha. Mas as coisas começam a mudar quando descobre que o desaparecimento de Felipe, o aluno mais promissor do colégio, e a morte de Raul poderiam estar interligados. Daniel, irmão de Felipe, afirma que Raul pode estar vivo, mas, assim como seu irmão, preso em um mundo paralelo dentro de quadros, Picta Mundi. Ao que tudo indica, porém, Raul desaparecera ao procurar os objetos mágicos que os libertariam daquele universo. Agora, somente Letícia pode ajudá-los. Para isso, terá que entrar em Picta Mundi e, junto com Felipe, procurar por seu pai e reunir os itens mágicos. A tarefa não será nada fácil. Em meio a várias aventuras em quadros que retratam momentos da história do Brasil, como os bailes de máscara do início do século XX ou uma aldeia de índios tupinambás no século XVI, eles terão seus conhecimentos e coragem testados em enigmas, passagens secretas, e confrontos com seres perigosos, liderados pelo maligno Donato, que também está atrás dos itens mágicos, mas com o objetivo de usá-los para o mal: dominar Picta Mundi.

Picta Mundi é uma história que me deixou bastante nostálgica. Isso aconteceu porque o livro me lembrou dos livros que eu lia quando era mais nova, quando tinha meus oito anos. Sabe aqueles livros de mistério, tipo aqueles da coleção Vagalume? Então, PM segue esse estilo, mas voltado para um público um pouquinho mais velho.

Esse é o livro de estreia da nossa tia Gleice e eu devo dizer que nem parece um livro de estreia, no fim das contas. Isso porque ele é muito bem escrito, com enredo muito bem amarradinho. É isso que eu noto quando leio um primeiro livro de um autor e a Gleice não deixou nem um pouquinho a desejar nesse aspecto.

Acho que o que mais tenho a elogiar são os personagens. A Letícia, o Felipe, o Raul, o Donato… Todos os personagens são muito bem caracterizados, sem ter exagero na descrição deles. Nós acabamos por conhecê-los por suas atitudes, modo de falar e tudo isso. Mais um ponto positivo pro livro!

A trama não é nada complicada. Por ser um livro voltado ao público infanto-juvenil, é bem fácil de ser lido, com narrativa bem fluida. As ações acontecem nos momentos certos e os enigmas são incrivelmente bem pensados. Quem gosta de resolver mistérios e desafios vai gostar muito da história!

Eu realmente não tenho o que reclamar da história. É um ótimo livro de estreia e inclusive um bom presente de Natal para um jovem leitor :). Fica a dica!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s